História - IMPORTANTES RELACIONAMENTOS COM OUTRAS PESSOAS

RELACIONAMENTOS DIRETOS RELEVANTES COM PESSOAS ESPECÍFICAS

 

Relacionamentos da SCB com algumas pessoas específicas foram também bastante numerosos, dentre os quais seguem alguns cuja documentação fotográfica pôde ter sido obtida, bastante ilustrativos do interesse que foi sendo despertado pelo Criacionismo.

Por exemplo, logo após sua fundação, a SCB foi procurada pelo Pastor Reuben Kuiper, missionário da Igreja da Graça recentemente chegado a São Carlos, para um projeto conjunto de distribuição de folhetos contendo apanhados sucintos sobre temas criacionistas polêmicos, para serem distribuídos a vestibulandos por ocasião dos exames vestibulares de início do ano. São Carlos, cidade universitária, na época dos exames vestibulares recebia numerosos candidatos provenientes de outras cidades e foi escolhido até o formato dos folhetos que facilmente poderiam ser dobrados e inseridos nos bolsos da camisa para poderem ser lidos posteriormente. Essa foi uma experiência interessante, da qual, entretanto, não temos qualquer retorno sobre a sua eficácia para despertar naqueles jovens o interesse nos temas criacionistas.

 

Primeira experiência da SCB na divulgação pública do Criacionismo

 

Ainda em seus primeiros anos de vida em São Carlos, a SCB recebeu correspondência relativamente volumosa, da qual algumas cartas em especial devem ser divulgadas por indicarem o interesse despertado pelas primeiras “Folhas Criacionistas” publicadas. Uma delas é a correspondência trocada com o então Juiz de Direito da cidade de Carpina, nas proximidades de Recife, em Pernambuco, Dr. Antônio Pessoa Leite.

Desde os primeiros contatos mantidos demonstrou ele grande apreciação pelo Criacionismo, informando que estava a par da iniciativa de tradução do livro “Biology – A Search for Order in Complexity” publicado pela Creation Research Society, que havia sido tomada por algumas pessoas locais interessadas na divulgação de alternativas e críticas ao Evolucionismo.

Após ter sido feito o primeiro contato direto entre ele e o Presidente da SCB em Carpina, aos poucos foram se tornando mais espaçados os contatos, até cessarem poucos anos depois. No entanto, em 2013, decorridos quase quarenta anos, surpreendentemente a SCB volta a ser procurada por ele por via telefônica e reatam-se os contatos com notícias dele sobre a sua adesão irrestrita ao Criacionismo, sua aposentadoria como Juiz já em Recife e ainda sua ordenação como Bispo Anglicano e o desejo de apoiar a realização de um Seminário da SCB em Recife.

 

Dr. Antônio Pessoa Leite, um dos primeiros a escrever à SCB demonstrando interesse no Criacionismo

 

Correspondência trocada com o Dr. Samuel Novaes Figueira, ilustre e ilustrado médico em Salvador, Bahia, também foi muito interessante, tendo ele enviado à SCB um exemplar de seu livro “Da Origem do Homem”, escrito muito bem fundamentado como um verdadeiro libelo contra o Evolucionismo. Foi muito confortante saber que o Criacionismo já contava desde então com defensores de peso.

 

Dr. Samuel Novaes Figueira, o primeiro a escrever à SCB enviando livro criacionista de autoria própria

 

Logo após a publicação dos primeiros números da “Folha Criacionista”, apareceu na Revista “Ciência e Cultura”, editada pela Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), uma nota dirigida aos seus editores mencionando a importância de ser também ouvida pela Revista a voz em defesa do Criacionismo no âmbito da Ciência. Essa nota era assinada pelo Professor Roberto Cesar de Azevedo, formado em Biologia pela USP e com mestrado em Comunicação pela Andrews University.

O Professor Azevedo veio a ser, com o correr do tempo, um grande incentivador das atividades da SCB, em todas as posições de relevo que ocupou – como Departamental de Educação da então União Sul Brasileira, como Diretor do Instituto Adventista de Ensino e como Departamental de Educação da Divisão Sul-Americana da Igreja Adventista.

Tem sido ele ativo colaborador da SCB na categoria de associado fundador, proferindo palestras nos Seminários da Sociedade, escrevendo artigos para a Revista Criacionista e escrevendo livros criacionistas que a Sociedade tem divulgado. Particularmente, foi ele, juntamente com a esposa e outros colaboradores, que incentivou a publicação do periódico da SCB destinado a crianças do ensino fundamental intitulada “De Olho nas Origens”.

 

 



 

Outro antigo docente do atual UNASP, hoje aposentado e trabalhando em instituição de ensino superior em Sobral, Ceará, é o Professor Gerson Pires de Araujo, doutor em Filosofia da Educação pela USP, que desde o início das atividades da SCB passou a dar sua preciosa colaboração como palestrante nos Seminários “A Filosofia das Origens”, escrevendo artigos para a Revista Criacionista e publicando livros criacionistas de sua própria lavra, que têm sido distribuídos pela Sociedade.

 

 

 

Nesta apresentação de nomes de pessoas que se distinguiram como laboriosos criacionistas, não podem deixar de ser citados in memoriam especialmente os nomes de duas pessoas já falecidas – o Professor Admir Arraes de Matos e o Advogado Ayalon Orion Cardoso.

O primeiro foi colega de quarto do Diretor Executivo da SCB durante o final de seu curso fundamental concluído no então Ginásio Adventista Campineiro, hoje Campus de Hortolândia do Centro Universitário Adventista de São Paulo. Formou-se em Biologia e fez o doutorado na UNICAMP. Destacou-se no trabalho pioneiro de publicação de livros didáticos criacionistas e colaborou como palestrante em Seminários em colaboração com a SCB.

O segundo foi um grande incentivador do Criacionismo, astrônomo amador, escritor de artigos criacionistas para a Revista Criacionista e coordenador do Encontro Criacionista que contou com a participação da SCB e do NEO em Lavras, cidade em que residia.

A SCB presta a eles a devida homenagem pela coragem e disposição para enfrentar críticas oriundas de pessoas mal educadas, deseducadas e não educadas, que se opuseram a eles no decorrer de seu magnífico trabalho de divulgação do Criacionismo e do Criador.

 

In Memoriam

 

Há cerca de mais de duas décadas, a SCB teve notícia da existência de um grupo de jovens criacionistas em Porto Alegre, que publicava uma apostila com capítulos sobre temas criacionistas diversos e proporcionava cursos para a divulgação desses temas. Seu trabalho era exercido com a denominação de “Seminários Scientia” e logo foram estabelecidos vínculos com esse grupo, que resultaram no convite que foi feito ao Presidente da SCB para apresentar uma palestra para o grupo em 2001, na Igreja Adventista Central de Porto Alegre.

 

Professor Eduardo Ferreira Lütz

 

Iniciou-se, assim, nessa ocasião, o profícuo contato da SCB mantido cada vez mais intensamente com o Físico Eduardo Ferreira Lütz, um dos jovens colaboradores do “Seminário Scientia”, professor, pesquisador, hoje participante dos Seminários “A Filosofia das Origens”, autor de artigos para a “Revista Criacionista” e correspondente no auxílio a respostas a perguntas mais complexas sobre a origem do Universo enviadas para a SCB por e-mail.

A colaboração que tem sido prestada à SCB pelo Professor Lütz tem sido de extraordinária valia para a divulgação das teses criacionistas no campo da História e Filosofia da Ciência e particularmente na área da Cosmologia. A Sociedade, em seu programa editorial, espera poder publicar em meados de 2014 o livro “Cosmologia Criacionista Bíblica” que deverá conter, além de artigos de outros autores, especialmente também a coleção dos artigos da autoria do Professor Lütz que foram publicados na Revista Criacionista.

 

Há cerca de uma década, a SCB tomou conhecimento das palestras criacionistas que vinham sendo feitas pelo Professor Adauto Lourenço, e conseguiu fazer-lhe uma visita na cidade de Limeira, SP, onde ele residia, para conhecê-lo e oferecer-lhe a literatura que até então tinha sido publicada pela Sociedade. A partir desse encontro, estreitaram-se os laços com o Professor Adauto, que sempre atendeu solicitamente os convites para participar como palestrante nos Seminários da SCB.

Dentre outros Seminários, o professor Adauto participou do IV Seminário “A Filosofia das Origens” realizado em 2003 em Fortaleza, e também da expedição realizada após o Seminário para a Chapada do Araripe, onde foi procedida a filmagem que resultou na produção do vídeo que iniciou a série de DVDs da SCB denominada “Do Ararate ao Araripe”. Nesse vídeo, o Professor Adauto apresenta interessantes comentários sobre a questão da datação das rochas sedimentares da região, em conexão com as apresentações dos demais colaboradores da SCB.

Além de sua atividade em conjunto com a SCB, o Professor Adauto realiza palestras e séries de conferências em instituições que o convidam, mantém o site www.universo.com.br e tem publicado vários interessantes livros sobre temas criacionistas.

 

Professor Adauto com a equipe da SCB na Chapada do Araripe e algumas de suas publicações

 

Também há cerca de dez anos a SCB tomou conhecimento da existência de um “Núcleo de Design Inteligente” no Brasil, e procurou entrar em contato com o seu Coordenador, o Professor Enézio Eugênio de Almeida Filho.

A partir de então foram também estreitados os laços da SCB com o movimento do Design Inteligente, e a Sociedade passou a contar também com a colaboração do Professor Enézio como palestrante de seus Seminários e como autor de artigos para a Revista Criacionista. Ele tem efetuado várias revisões de livros que a Sociedade publicou e que virá a publicar, e recebeu apoio da SCB para a facilitação de contatos seus com o MEC e com o Congresso Nacional, para o encaminhamento de proposições a respeito do ensino do Evolucionismo nas escolas.

O Professor Enézio foi “darwinista de carteirinha” e depois de perceber as falácias do Evolucionismo tornou-se ardente defensor do Design Inteligente. Hoje é mestre em História da Ciência pela PUC de São Paulo e doutorando na mesma instituição. Em seu blog http://pos-darwinista.blogspot.com.br/, tem sido um veemente lutador pela integridade científica, “desafiando a nomenclatura científica” e mantendo-se atualizadíssimo quanto a críticas que cada vez mais vêem sendo feitas ao Darwinismo.

 

Professor Enézio em Seminários da SCB

 

Ainda há cerca de pouco mais de dez anos, a SCB teve o prazer de ser contatada telefonicamente pelo jornalista Michelson Borges, que informava ter escrito um livro sobre temas criacionistas e que desejava algumas sugestões a seu respeito. Sua solicitação foi atendida, dentro do possível, e a partir de então também começaram a estreitar-se os laços entre ele e a SCB. O livro foi publicado em 2003 pela CPB (editora adventista na qual Michelson passou a trabalhar), com o título “A História da Vida”, onde ele tratou de vários temas correlacionados com a questão da origem da vida. Logo em seguida, a Sociedade teve a honra se ser entrevistada por ele, e a entrevista passou a fazer parte do livro “Por Que Creio”, de sua autoria, que foi também publicado pela CPB em 2004.

A partir de então, o jornalista Michelson passou a colaborar com a SCB como palestrante nos Seminários da Sociedade e autor de artigos para a Revista Criacionista. Foi ele também quem, juntamente com seu colega de trabalho na CPB, Eduardo Olszewsky, elaborou a nova capa da Revista Criacionista que passou a vigorar desde seu número 67.

 

Michelson Borges, algumas publicações criacionistas suas e a nova capa da Revista Criacionista

 

Em meados de 2005 iniciou-se uma aproximação estreita com o Dr. Hipólito Gadelha Remígio, recém chegado de volta a Brasília, que se associou à SCB e passou a ser um notável incentivador das atividades da Sociedade, distinguindo-se pelo apoio pessoal dado à expansão geográfica dos Seminários “A Filosofia das Origens”. Foi assim realizado com o seu apoio, já em 2007, o IV Seminário em Fortaleza, intercalado entre o III e o V Seminários bianuais que se realizaram no Rio de Janeiro. Continuou a apoiar desde então todos os demais Seminários realizados pela SCB, que hoje já soma o total de quinze.

 

Dr. Hipólito no Seminário de Curitiba em 2011 e em reunião no Centro Cultural

 

Foi agradável surpresa saber da influência que as primeiras “Folhas Criacionistas” publicadas a partir de 1972 haviam exercido na juventude do Dr. Hipólito, e também do seu interesse atual pelo Criacionismo. Curiosamente, por ocasião de sua primeira mudança para Brasília, ele havia sido inquilino da associada fundadora da SCB, Judith Ferraz Corrêa, recentemente falecida, e jamais ambos poderiam imaginar que estariam juntos na Sociedade alguns anos depois, em 2005 !

Eleito em 2006 como Diretor-Secretário da SCB, e reeleito nos triênios seguintes, o Dr. Hipólito foi palestrante em vários dos Seminários da Sociedade, apresentando temas teológicos e filosóficos. Contribuiu, também, para a aquisição de valiosos espécimes para exposição no Centro Cultural da Sociedade e para a manutenção do programa editorial de novos livros criacionistas, responsabilizando-se também pela contratação de uma Secretária para o atendimento da movimentação das vendas do material produzido pela SCB e demais atividades de caráter burocrático exigidas pela legislação em vigor.

Você está aqui: Home História